Busca:
home
linha
institucional
História da Câmara
Legislaturas
Funcionários
Ordem do dia
linha
vereadores
Galeria de Presidentes
Mesa diretora
Comissões
Vereadores
Fale Conosco
linha
Servi�os
Moções
Diário Eletrônico
Tramitação de Projetos
TV Web
Licitações
Legislação Municipal
Prestação de Contas
Notícias
Agenda
Requerimento
Indicações
linha
congonhas
História
Arte Religiosa
Lazer
Mestre Aleijadinho
Barão de Paraopeba
Barão de Eschwege
Os Profetas
Passos da Paixão de Cristo
Barão de Congonhas
Arcebispo Dom Silvério
Cônego Luís Vieira
Zé Arigó
Festas
Hino
Símbolos Municipais
Notícias
linha
Home / Serviços / Notícias
seta
ANTT aprova projeto de construção da passarela do Pires e Prefeitura inicia o processo licitatório
ANTT aprova projeto de construção da passarela do Pires e Prefeitura inicia o processo licitatório

Fonte: Secom / Prefeitura de Congonhas

 

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) publicou, no dia 28 de dezembro, a portaria Nº 314 que autoriza a Prefeitura de Congonhas a implantar a passarela de travessia de pedestres sobre a BR-040, ligando a entrada principal do bairro Pires e a Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, na altura do km 602 + 500 m. A obra será realizada com recursos da Prefeitura e das empresas Ferrous Resources do Brasil S/A, Vallourec & Sumitomo Tubos do Brasil Ltda (VSB), Vale S/A, CSN Mineração, Gerdau Açominas S/A e Ferro + Mineração S/A. O processo licitatório já se iniciou, com a elaboração do termo de referência. Paralelamente, será assinado um contrato de concessão de uso da área em que será implantada a passarela entre Prefeitura e a concessionária Via 040. Apesar de não ser uma atribuição dela, a Prefeitura tem se esforçado, juntamente com seus parceiros, desde 2013, para tornar realidade esta conquista da comunidade.

 

O valor total estimado para a implantação da passarela é de R$ 1.800.000,00. A Gerdau e a VSB irão fornecer parte do material. Esta última foi responsável também pela elaboração do projeto. As demais empresas contribuíram com parcelas diferenciadas que somadas totalizam R$ 872.051, 35. Já a Prefeitura dará contrapartida de aproximadamente R$ 1.000.000,00. O Ministério Público Federal, por intermédio do Procurador da República, Dr. Giovanni Morato Fonseca, destinou a importância de R$ 50.000,00, originários de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), assinado com a COOPERCAP Construções e Pavimentações Ltda., para este fim.

 

O pároco Paulo Geraldo Barbosa e o prefeito Zelinho assinaram, em 2013, os termos de anuência e de emissão de posse de uma área de 480 m² do lado da Igreja de N. Sra.  do Perpétuo Socorro, que será parte do terreno a ser utilizado para a implantação da passarela.

 

O processo que ainda este ano irá culminar com a entrega da passarela àquela comunidade teve início em 2013. Em 2014 foi assinado um termo de parceria entre Prefeitura e as empresas mineradoras. Após reunião com a comunidade do Pires ainda em 2013, o prefeito Zelinho havia se comprometido a encontrar uma solução para o problema, que seria de responsabilidade do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). “Na época, conversei pessoalmente com a direção do DNIT, em Brasília, e exige uma solução rápida. Infelizmente não tive uma resposta satisfatória e decidi buscar o diálogo com as empresas mineradoras, que tiveram um olhar especial sobre aquela comunidade, nos ajudando nesta empreitada. Conseguimos elaborar o projeto e sua aprovação pelo órgão federal. Devido à privatização da rodovia, o aval passou a ser de competência da ANTT e a Via 040. Para adequar o projeto da passarela ao de duplicação da rodovia, houve necessidade de readequações, como a opção por construir a passarela em módulos, o que atrasou a obra, mas agora enfim conseguimos dar início ao processo de licitação. Esta será outra grande vitória para todos nós. Agradecemos também o Ministério Público Federal, que igualmente se empenhou para o avanço deste importante equipamento de travessia”, contextualiza Zelinho.

 

A BR-040 divide o bairro do Pires, ficando do lado de cima a Escola Municipal Odorico Martins da Silva e a Unidade Básica de Saúde, como a maior parte das casas, enquanto a Igreja de N. Sra. Do Perpétuo Socorro e outras diversas moradia se localizam do lado de baixo da rodovia, a exemplo do bairro Motas, pertencente a Ouro Preto. Com o deslocamento de pedestres entre os dois lados do bairro, acontecem recorrentes atropelamentos, que motivam os moradores a protestarem contra a falta de segurança no local. “A gente fica muito feliz porque 2018 está começando muito bem. Agradecemos muito a parceria que temos com a Prefeitura. O bairro fica muito comovido e alegre, porque essa é uma batalha que temos há muito tempo. A gente tem descido para a BR-040, arriscado as nossas vidas para chamar a atenção das autoridades federais, porque sofremos muito com isso. Agradecemos muito a Deus também por esta conquista! Vamos seguir acompanhando de perto todo o processo de construção da passarela”, diz a presidente da Associação dos Moradores do Bairro Pires, Juliana Lisboa Prestes.

 

O prazo previsto para a entrega da obra é de 12 meses, dos quais os quatro primeiros se destinam à licitação e os outros oito, à edificação.

topo
voltar
linha
CÂMARA MUNICIPAL DE CONGONHAS
Rua Dr. Pacífico Homem Júnior, 82, Centro - Fone: (31) 3731-1840
Why Digital - 2009
Congonhas - Minas Gerais - Brasil
congonhas@camaracongonhas.mg.gov.br