Busca:
home
linha
institucional
História da Câmara
Legislaturas
Funcionários
Ordem do dia
linha
vereadores
Galeria de Presidentes
Mesa diretora
Comissões
Vereadores
Fale Conosco
linha
Servi�os
Moções
Diário Eletrônico
Tramitação de Projetos
TV Web
Licitações
Legislação Municipal
Prestação de Contas
Notícias
Agenda
Requerimento
Indicações
linha
congonhas
História
Arte Religiosa
Lazer
Mestre Aleijadinho
Barão de Paraopeba
Barão de Eschwege
Os Profetas
Passos da Paixão de Cristo
Barão de Congonhas
Arcebispo Dom Silvério
Cônego Luís Vieira
Zé Arigó
Festas
Hino
Símbolos Municipais
Notícias
linha
Home / Serviços / Notícias
seta
Sítio Roberto Burle Marx apresenta sugestão de revitalização paisagística no Santuário
Sítio Roberto Burle Marx apresenta sugestão de revitalização paisagística no Santuário

Fonte: Secom / Prefeitura de Congonhas

 

Neste 30 de novembro, em que são comemorados os 80 anos do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN), conforme o Decreto Lei 25 de 1937 assinado pelo então presidente da República Getúlio Vargas, a superintendente do IPHAN em Minas, Célia Corsino, acompanhada do chefe da Divisão Técnica do instituto no Estado, Marlon da Costa Souza, e da responsável pelo escritório de Congonhas, Bárbara Monteiro, apresentou ao prefeito Zelinho, à assessora de Coordenação Governamental, Marta Bacharel, e ao diretor do Museu de Congonhas, Sérgio Rodrigo Reis o termo de referência para conservação paisagística do Jardim dos Passos do Santuário do Senhor Bom Jesus de Matosinhos, elaborado pelo Centro Cultural Sítio Roberto Burle Marx, do IPHAN/MG. Isto porque Roberto Burle Marx (1909-1994), que está entre os mais renomados paisagistas do século 20, foi quem o reformulou em 1973.

 

As intervenções sugeridas pelo termo de referência, apresentado nesta quinta-feira, têm por objetivo recuperar ao máximo a originalidade do projeto paisagístico, com a transposição de palmeiras que estão no próprio jardim e plantio de outras já com meia idade, como também de ipês amarelos e o replantio de grama batatais e Cipó de São João, utilizados por Burle Marx quando executou seu projeto de reformulação. Algumas espécies exóticas que foram introduzidas no jardim posteriormente à obra de Burle Marx serão suprimidas, conforme sugere o IPHAN.

 

Antes da intervenção de Burle Marx, o lugar possuía um visual carregado dificultando a apreciação do sítio histórico. O jardim de Burle Marx, em formato de linhas sinuosas e modernas, passou a sinalizar o caminho da Cruz, compondo um espaço único de convívio e contemplação em diálogo com a paisagem do entorno.

topo
voltar
linha
CÂMARA MUNICIPAL DE CONGONHAS
Rua Dr. Pacífico Homem Júnior, 82, Centro - Fone: (31) 3731-1840
Why Digital - 2009
Congonhas - Minas Gerais - Brasil
congonhas@camaracongonhas.mg.gov.br